quinta-feira, 16 de abril de 2009

Gasodá Surui conclui o curso de Turismo na Faculdade São Lucas




Gasodá é o primeiro índio da etnia Suruí no estado a concluir o ensino superior. Ele acaba de apresentar seu trabalho de conclusão de curso na área de Turismo na Faculdade São Lucas e a outorga de grau está prevista para o dia 24 deste mês. Segundo Gasodá, a graduação em Turismo será importante para toda a comunidade Suruí, principalmente com as perspectivas de crescimento econômico. Ele considera a conclusão do curso uma responsabilidade muito grande, principalmente por ser representante indígena.

Gasodá Suruí antecipou que os conhecimentos adquiridos ao longo do curso de graduação em Turismo serão colocados em prática na aldeia para que os indígenas sejam empreendedores e contribuam para a geração de empregos em território Suruí. “Vamos investir em projetos turísticos e de preservação ambiental dentro do território indígena, a fim de que as novas gerações possam ser beneficiadas com as ações colocadas em prática agora”, disse Gasodá, acrescentando que o conhecimento também contribui para gerar o fortalecimento da cultura indígena.
A comunidade Suruí é integrada por 21 aldeias que totalizam uma população de 1350 pessoas falantes do tronco lingüístico tupi mondé. Gasodá faz parte da Terra Indígena 7 de Setembro, aldeia com 247 mil hectares situada a 70 quilômetros de Cacoal. Outros dois integrantes da Aldeia 7 de Setembro cursam Administração e Ciências Biológicas, também na Faculdade São Lucas.

Gasodá Suruí entrou para a história indígena de Rondônia em 2005 quando se inscreveu e obteve aprovação no vestibular para o curso de Turismo na Faculdade São Lucas. Foi na aldeia que ele cursou o ensino fundamental e para fazer o ensino médio precisou ir para a cidade. Um dos motivos que fez com que Gasodá se empenhasse em entrar para a faculdade foi a vontade de contribuir para o desenvolvimento do seu povo. Ele tem o sonho de transformar a aldeia em um ponto turístico do Estado.
Fonte: Assessoria de imprensa/São Lucas (É permitida a reprodução desta matéria desde que citada a fonte.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário